Edições Anteriores

13ª Edição da Festa

Edição dedicada Federico Fellini!

Em 2020 a Festa do Cinema Italiano abriu com Pinocchio (Pinóquio), Matteo Garrone e fechou com Gli anni più belli (Às Coisas que nos Fazem Felizes), de Gabriele Muccino. Este ano, o festival comemorou o centenário do nascimento de Federico Fellini, através de uma retrospetiva integral da obra do mestre italiano, na Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema.

Ver datas e locais

    Em Portugal, à semelhança do que aconteceu nos anos anteriores, a Festa do Cinema Italiano volta a realizar-se em mais de dez cidades portuguesas, acontecendo em Lisboa, Porto, Coimbra, Almada,Setúbal, Alverca do Ribatejo, Cascais, Penafiel, Viseu,Beja, Caldas da Rainha, Tomar, Loulé e Ponta Delgada. A recepção e a curiosidade que a Festa do CinemaItaliano obteve pelo público português ao longo destes anos motivou o crescimento da programação do evento nos diversos países lusófonos como o Brasil, Angola, Moçambique e pela primeira vez este ano, Cabo Verde e Timor Leste.

Filmes

    Apesar das dificuldades que o mundo do cinema enfrentou nestes tempos confusos, ainda assim decidimos realizar a 13a da Festa do Cinema Italiano,

    devido à sua importância histórica e pela qualidade do cinema italiano que merece o seu destaque no panorama cultural.

    A Festa do Cinema Italiano manteve o mesmo espírito acolhedor, curioso e transversal das edições anteriores, exibindo um conjunto de filmes
    italianos, aclamados pela crítica internacional e alguns dos maiores sucessos de bilheteira em Itália.

    Em relação à programação, da secção das antestreias destacamos Pinóquio, o último filme do consagrado realizador Matteo Garrone e protagonizado por Roberto Benigni; Às Coisas que nos Fazem Felizes, melodrama de Gabriele Muccino (Em Busca da Felicidade); a divertida comédia Momenti di
    trascurabile felicità
    de Daniele Luchetti e uma das surpresas do último festival de Berlim, Favolacce (Bad Tales) dos irmãos Damiano e Fabio D’Innocenzo.

    Por último, mas não menos importante, o filme Un Figlio de Nome Erasmus, uma comédia italiana filmada inteiramente em Portugal protagonizada pela jovem atriz Filipa Pinto.

    Houve ainda a retrospetiva Tutto Fellini dedicada ao mestre Federico Fellini, em parceria com a Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema, por ocasião do centenário do seu nascimento. A passagem de toda a filmografia completa do mestre italiano, desde os clássicos às obras inéditas como programas de televisão ou o documentário com Wes Anderson dedicado ao realizador. 


    Tal como nos anos anteriores, houve espaço na programação para outras formas de expressão artística da cultura italiana. A pintura esteve em foco nos documentários Eu, Leonardo em ocasião do 500 anos do nascimento do génio renascentista Leonardo da Vinci e Il Peccato - il furore di Michelangelo (O Pecado) do consagrado autor Andrei Konchalovsky sobre o pintor e escultor Michelangelo.


Organização

Il Sorpasso

Co-financiado por

Compete 2020
Portugal 2020
União Europeia

Parceiros Institucionais

Embaixada de Itália

Patrocinadores

Tv Cine

Mecenas

PLMJ

Parceria Estratégica

EGEAC

Parceiros de Programação

Cinema São Jorge
República Portuguesa

Parceiros de Programação: Cidades

Teatro-estúdio Ildefonso Valério
Auditório Municipal Eunice Muñoz
Câmara Municipal de Oeiras
Oeiras Cultura
Oeiras Valley
Espalhafitas
Património Cultural Instituto Público

Parceiros Media

RTP 2

Hotel Oficial

Hotel Dom Pedro Lisboa

Restaurante Oficial

Mano a Mano

Apoios à Divulgação

Infraestruturas de Portugal

Guia Oficial Rota dos Sabores

Dig-in

Apoio a Eventos Paralelos

Praça
Gala Cri Cri

Programa Garantir Cultura - Ficha de projeto

Compete 2020